Tel. 57.3102536047
dr. gonzalo e. díaz m.   
Ecografia em Cor - Telemedicina   
 
     

 

Próstata
Biopsia de próstata
Câncer de próstata
Hipertrofia prostática
Próstata 
Prostatite
Prostatectomia
Antígeno prostático
Risco de câncer de próstata
Sangue no sêmen 
Impotência
C.M.P.-Próstata
Diagnóstico do Câncer
18 Razões pelas quais é imperioso evitar a biópsia de Próstata
Ecografia de Próstata

Importante

Esterilidade
Esterilidade feminina
Esterilidade masculina

Revisão Médica Premium
Doenças da mulher

Ecografia
Ecografias
Imagens
Ecografia em Cor

 
Infertilidad
Infertilidad
Cómo solucionar la infertilidad
Evite la laparoscopia
Endometriosis e infertilidad
Infertilidad masculina
Infertilidad y Varicocele
Infertilidad femenina
Infertilidad: Diagnóstico
Fertilización in Vitro
Inseminación artificial
Como saber si sufre o sufrirá infertilidad femenina
ICSI
Chequeo Médico Preembarazo (Syscan)
C.M.E. Preparto

 

Otros temas
Chequeos Médicos Ejecutivos
Obesidad
Cáncer de seno
Biopsia de Seno
Ecografía Ginecológica en color
El Colon
C.M.P. Abdomen-Colon
Enfermedades de la mujer
C.M.P. Mujer
Imágenes ecográficas
Ecografía
Ecografía definición
ecografías

telemedicina
boletín Salud
ley 100
ultrasonido
actualidades
en Español
en Inglés
empleo
servicios

 

É necessária sua Cirurgia de Próstata?

Muitos homens vão ao médico para fazer uma avaliação de sua próstata, já seja por motivos de simples prevenção, ou por que apresentam algum sintoma nas vias urinárias e/ou alteração em sua função sexual.

A cirurgia de próstata ou prostatectomía é necessária, em ausência de uma alternativa menos agressiva, nas seguintes situações:

  1. Para recuperar ou melhorar uma função perdida ou deteriorada que equivale a melhorar a qualidade de vida

  2. Para aumentar as possibilidades de duração da vida

No primeiro caso, é quando a próstata aumenta de tamanho em tal forma que impede o normal fluxo de urina causando retenção urinária, incontinência urinária, infecções repetidas, hidronefrosis, etc, e que não há evidência de câncer. Nestes casos pode requerer-se prostatectomía trasuretral, que é a cirurgia mais frequente, mas existem outros tratamentos opcionais de acordo a resultado da Ecografia Prostática transrectal com Urosonografía C.A.D. em Cor. No entanto, usualmente não é necessária a cirurgia

No segundo caso é quando se demonstra câncer prostático, direta ou indiretamente (biopsia, gamagrafía, PSADI, etc) e depois de avaliar todos os fatores que comprometem os resultados da cirurgia como são idade, tamanho do tumor, metástase, atividade sexual, preferência do paciente, possibilidade de obter os resultados esperados, pode escolher-se a opção de prostatectomía radical, que requer a abertura do abdomem e que sempre produzirá incontinência urinária e impotência.

Em qualquer dos casos, obviamente seria absurdo decidir a necessidade de operar baseados unicamente no tato rectal, como vemos na gráfica a seguir, pois o tato rectal não serve para detectar câncer nem a grande maioria de doenças prostáticas já que unicamente  permite conhecer a consistência e tamanho relativo da parte posterior da próstata que é a que está em contato com o reto (ver gráfica abaixo). Ecografia Prostática transrectal com Urosonografía C.A.D. em Cor se valoriza toda a próstata.

tacto rectal
Tumor (cor vermelha) localizado na
 parte anterior da próstata (amarelo) não pode detectar-se com tato rectal

Se seu médico lhe diz que deve operá-lo imediatamente baseado só no tato rectal, é prudente conferir uma segunda e terceira opinião, obtendo previamente uma análise completa de sua próstata mediante Ecografia Prostática transrectal com Urosonografía C.A.D. em Cor que determinará a extensão real de sua doença prostática, inclusive até os rins.

Não se pratique biopsia prostática sem contar com a Ecografia Prostática transrectal com Urosonografía C.A.D. em Cor nem com uma adequada valoração integral de seu organismo pois pode complicar-se com graves infecções, hemorragias e expansão do tumor, se o tiver.

Recorde que a cirurgia de próstata tem efeitos secundários e complicações, de acordo ao paciente, tipo de cirurgia e problemas aparecidos na cirurgia e durante o postoperatorio, sendo os principais a incontinência urinária de diferentes graus e a impotência, também de diferentes graus, ambas deteriorando a qualidade de vida. Existem ademais as complicações próprias de qualquer cirurgia como são a hemorragia, a infecção e os efeitos adversos e complicações da anestesia. Não se submeta a cirurgia desnecessária. Documente-se adequadamente antes de decidir a operação.

Se você decide submeter-se a cirurgia prostática, pratique-se uma valoração global de seu organismo ANTES da cirurgia, para determinar em primeiro lugar os benefícios que a cirurgia lhe trará e se realmente a requer, e em segundo lugar, para determinar o risco que Você terá durante a cirurgia e no postoperatorio. 

Vimos como lhes recomendaram resección prostática a pacientes com uma simples cistitis, ou a outros por uma vesiculitis seminal, cujos tratamentos só requerem antibióticos.

Evite intermediários da saúde, pois devido aos minúsculos salários dos médicos pode terminar operado desnecessariamente. 

Outros temas relacionados:

biopsia prostática
Ecografia Prostática transrectal com Urosonografía C.A.D. em Cor
Antígeno prostático

Confira-nos gratuitamente sobre seu problema de próstata