Tel. 57.3102536047
dr. gonzalo e. díaz m.   
Ecografia em Cor - Telemedicina 

Gravísima Polución en Bogotá

 
     

 

Próstata
Biopsia de próstata
Câncer de próstata
Hipertrofia prostática
Próstata 
Prostatite
Prostatectomia
Antígeno prostático
Risco de câncer de próstata
Sangue no sêmen 
Impotência
C.M.P.-Próstata
Diagnóstico do Câncer
18 Razões pelas quais é imperioso evitar a biópsia de Próstata
Ecografia de Próstata

Importante

Esterilidade
Esterilidade feminina
Esterilidade masculina

Revisão Médica Premium
Doenças da mulher

Ecografia
Ecografias
Imagens
Ecografia em Cor

 
Infertilidad
Infertilidad
Cómo solucionar la infertilidad
Evite la laparoscopia
Endometriosis e infertilidad
Infertilidad masculina
Infertilidad y Varicocele
Infertilidad femenina
Infertilidad: Diagnóstico
Fertilización in Vitro
Inseminación artificial
Como saber si sufre o sufrirá infertilidad femenina
ICSI
Chequeo Médico Preembarazo (Syscan)
C.M.E. Preparto

 

Otros temas
Chequeos Médicos Ejecutivos
Obesidad
Cáncer de seno
Biopsia de Seno
Ecografía Ginecológica en color
El Colon
C.M.P. Abdomen-Colon
Enfermedades de la mujer
C.M.P. Mujer
Imágenes ecográficas
Ecografía
Ecografía definición
ecografías
en Portugués
telemedicina
boletín Salud
ley 100
ultrasonido
actualidades
en Español
en Inglés
servicios

 

Ecografia Abdominal Total C.A.D. em Cor

Diferenças entre Ecografia C.A.D . em Cor, 
ecografia convencional e TAC

  Ecografia Abdominal C.A.D . em Cor Ecografia abdominal convencional TAC  
Efetividade 99.8% 0 a 17% (quase sempre todo resulta "normal") 0 - 17% aprox  
Segura: Sem Raios X se - -  
Evita meios de contraste se - -  
Diagnóstico computarizado  se - -  
Imagens em Cor se - -  
Cômoda pois não requer preparação se - -  
Avaliação detalhada de cada órgão  se - -  
Inclui estômago, bulbo e duodeno se - se  
Evita a laparoscopia ginecológica se - -  
Costuma evitar a biopsia prostática  se - -  
Inclui exploração transrectal ou transvaginal sem custo adicional, se o paciente o deseja  se - -  

A ecografia abdominal C.A.D. em Cor (ver exemplo de imagem de ecografia em cor) é o melhor exame para detectar qualquer tipo de patologia abdominal.  É o exame mais completo que existe depois da Revisão Médica Premium.

Seus usos principais são para diagnosticar a origem da dor abdominal, câncer, em especial do de fígado, pâncreas, estômago, útero, ovários, metástases (semeias a distância , próstata; peritonitis, ascitis, apendicite, gravidez ectópico, quistos, fibromas, doenças hepáticas como hepatites e adenomas, quistos do pâncreas, pancreatitis, cálculos e tumores da vesícula e das vias biliares, colecistitis, gastroparesia, gastritis, duodenitis; nefritis, cálculos renais, hidronefrosis,  esplenomegalia, hematomas esplénicos, obstrução intestinal, vólvulos, duodenitis e colitis; hipertrofia prostática, prostatitis, cálculos e quistos prostáticos, aneurisma aórtico, tromboses de cava e porta; tumores, cálculos e pólipos da bexiga, etc.

A ecografia abdominal e suas variantes, é indolora e não tem contraindicaciones nem riscos. E ademais, não há radiação. E tem mais sensível do que a tomografía e a ressonância

Somos os únicos em avaliar cada órgão por separado  e empregamos ecografia em cor com C.A.D. (diagnóstico computarizado) com 99.8% de sensibilidade.

A ecografia abdominal total praticada por nós inclui o exame (não a só observação) dos órgãos:

  1. Fígado: dor abdominal, pele amarela, indigestão, intolerância a gorduras, gases, impotência, infertilidade (o fígado processa hormônios), febre, vómito

  2. Vesícula: agrieras, indigestão, dor abdominal, pele amarela, intolerância a gorduras, acidez, dor "na boca do estômago", vómito

  3. Colédoco: Agrieras, indigestão, dor abdominal, pele amarela, intolerância a gorduras, acidez, dor "na boca do estômago", vómito

  4. Via biliar intrahepática: Agrieras, indigestão, dor abdominal, pele amarela, intolerância a gorduras, acidez, dor "na boca do estômago", vómito

  5. Pâncreas: Agrieras, indigestão, dor abdominal, pele amarela, intolerância a gorduras, acidez, dor "na boca do estômago", vómito, dor na metade das costas

  6. Canal de Wirsung: Agrieras, indigestão, dor abdominal, pele amarela, intolerância a gorduras, acidez, dor "na boca do estômago", vómito

  7. Baço 

  8. Aorta abdominal: palpitações no abdomem. Dor abdominal pulsante.

  9. Gânglios periaórticos

  10. Veia cava inferior

  11. Veia Porta 

  12. Estômago: Agrieras, indigestão, dor abdominal, pele amarela, intolerância a gorduras, acidez, dor "na boca do estômago", vómito

  13. Bulbo: Agrieras, indigestão, dor abdominal, pele amarela, intolerância a gorduras, acidez, dor "na boca do estômago", vómito

  14. Duodeno: Agrieras, indigestão, dor abdominal, pele amarela, intolerância a gorduras, acidez, dor "na boca do estômago", diarréia, vómito

  15. Suprarrenales: Hipertensão, dores de cabeça, hemorragia nasal, aumento de importância

  16. Rins: Dor de cintura urina escura ou com sangue, dor abdominal, vómito, cor amarela no corpo, pele seca, febre

  17. Uréteres: Dor de cintura urina escura ou com sangue, dor abdominal, vómito, pele amarela, pele seca, febre

  18. Bexiga urinária: Febre, ardor ou moléstia ao orinar, urina escura ou com sangue, incontinência urinária, retenção urinária

  19. Próstata: Febre, ardor ou moléstia ao orinar, urina escura ou com sangue, incontinência urinária, retenção urinária, sémen com sangue

  20. Vesículas seminales: Dor testicular, ardor ao orinar, urina escura, sémen com sangue

  21. Útero: Dor de cintura, hemorragias anormais, menstruação abundante e/ou com coágulos, ciclos irregulares, dor durante a relação sexual, fluxo vaginal, mau cheiro vaginal, esterilidade, cólicos com a menstruação, inflamação abdominal, vómito

  22. Ovários: Dor de cintura, hemorragias anormais, menstruação abundante e/ou com coágulos, ciclos irregulares, dor durante a relação sexual, fluxo vaginal, mau cheiro vaginal, esterilidade, cólicos com a menstruação, inflamação abdominal, vómito

  23. Parametrios: Dor de cintura, hemorragias anormais, menstruação abundante e/ou com coágulos, ciclos irregulares, dor durante a relação sexual, fluxo vaginal, mau cheiro vaginal, esterilidade, cólicos com a menstruação, inflamação abdominal, vómito

  24. Trombas: Dor de cintura hemorragias anormais, menstruação abundante e/ou com coágulos, ciclos irregulares, dor durante a relação sexual, fluxo vaginal, mau cheiro vaginal, esterilidade, cólicos com a menstruação, inflamação abdominal, vómito

  25. Cavidade peritoneal: dor abdominal, inflamação abdominal, vómito, pele amarela

  26. Intestinos gordo e delgado: dor abdominal, inflamação abdominal, diarréia, vómito

  27. Apêndice:. Dor abdominal, vómito

Detecta as causas da síndrome febril prolongado, mau estado geral, hepatite, problemas digestivos, cálculos biliares, renais, da bexiga, da próstata, câncer, tumores, quistos, massas anormais, obstrução intestinal, peritonitis, hemorragia interna, ectópico, doenças ginecológicas, nefritis, hidronefrosis, causas de distenção do abdomem, obstrução intestinal neoplasias maiores de intestino gordo e cólon, etc.

Substitui à Tomografía de abdomem superior e de abdomem inferior, e à Ressonância de abdomem superior e de abdomem inferior. Substitui usualmente à Gamagrafía, os Raios X e evita exames de laboratório como transaminasas, fosfatasa alcalina, bilirrubinas, coprológicos. Também evita a urografía (exceto para lesões ureterales específicas), o parcial de urina, a gamagrafía renal, nefrotomogramas, tato rectal. Evita ou confirma a necessidade de cistoscopia. Ajuda a definir se é necessária a endoscopia digestiva. Evita a radiografia de vias digestivas altas. Substitui à arteriografía aórtica no diagnóstico de aneurismas. Evita as provas de gravidez (que falham freqüentemente), o tato vaginal, o tato sob anestesia, a laparoscopia, e reduz ao mínimo a necessidade de histerosalpingografía. 

Preparação
Em jejuas. Tomar 4 copos de água uma hora antes da citação e não orinar uma hora antes

Variações limitadas da ecografia abdominal
Existem muitas formas de configurar o exame para poupar custos, como a ecografia abdominal, o abdomem total simples (ou convencional), onde se quase todo mas se examina quase nada, etc. 

Confira-nos gratuitamente por email sobre doenças abdominais